PDF sobre Francesco Carnelutti: 1 a 5 de 5 livros digitais em Português para o Kindle da pesquisa em BuscaPDF [am]

Como se Faz um Processo (Portuguese Edition)

amazon.com/Como-Faz-Processo-Portuguese-Edition-e...
Nesta obra tratei de descrever da melhor forma possível, ainda que, naturalmente, em rápidas pinceladas, o mecanismo do processo penal e civil um mecanismo, se me permite a metáfora, que deveria administrar ao público um produto tão necessário ao mundo como nenhum outro bem: a justiça. É o momento de repetir que os homens têm antes de tudo necessidade de viver em paz porém se não há justiça, é inútil esperar a paz. Por isso não deveria haver nenhum serviço público a que o Estado dedicasse tantos cuidados como o que denominamos de processo.Faço esta observação porque me vejo na necessidade de agregar que nem a opinião pública toma consciência da maior importância que tem para a organização social um instituto como o processo, nem correlativamente o Estado faz pelo processo tudo o que deveria. Os técnicos do processo, juízes, advogados e partes, têm a consciência de que o mecanismo funciona mal esta consciência aflora ocasionalmente nos ambientes legislativos porém, quase nunca parece que havia outra coisa a fazer além de modificar as leis processuais, sobre as quais se costuma colocar a responsabilidade do mau serviço judicial, para utilizar uma palavra que é de uso corrente. Também ouvimos falar de reformas urgentes ao Código de Processo Penal e ao Código de Processo Civil, e todos parecem crer, não somente, que com essas reformas o Estado cumpriu com seu dever, mas também que dessas reformas surgirão, Deus sabe como, melhoras na administração da justiça.Por fim, tenho o dever de desiludir o público a que me dirijo, dissuadindo-o de cultivar essas que não seriam esperanças, e sim verdadeiras ilusões. Sem dúvida, nossa legislação processual não é perfeita entretanto, em primeiro lugar, é melhor do que se diz em segundo lugar, ainda que fosse muito melhor, as coisas não andariam melhor, pois o defeito está, muito além da legislação, nos homens e nas coisas.
Publicado por: Russell | Data de publicação: 23/05/2013
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 96 páginas

Como Nasce o Direito (Portuguese Edition)

amazon.com/Como-Nasce-Direito-Portuguese-Edition-...
Em termos de educação, o presente livro reúne informação e formação com expressa abundância. Verifica-se aqui a confirmação da possibilidade de se dar uma grande lição com o emprego de singela exposição.Principia o trabalho com uma noção de direito e da pessoa que com ele opera, evoluindo o conceito com substanciais esclarecimentos dos laços com a religião, a história, a economia e a moral. Passa a desenvolver temas estritamente jurídicos, como o delito, a propriedade e o contrato, sempre os cercando com o conhecimento geral no qual cada um atua e recebe variadas influências. Logo em seguida, enfrenta a norma jurídica valendo-se de muitos artifícios para a melhor compreensão, como o emprego de exemplos comparativos. Ao tratar do juízo, deixa clara a necessidade do processo judicial para solucionar os litígios presentes no meio social, chamando a atenção para a atuação do juiz na interpretação e aplicação da norma positivada. Outro assunto importante quando se trata do nascimento do direito é o estado, o qual mantém vínculo estreito com as normas já no processo de elaboração delas. Por derradeiro, uma noção de comunidade internacional e da jurisprudência, realçando a possibilidade do surgimento de blocos econômicos sólidos que conduziriam à formação do estado confederado.
Publicado por: Russell | Data de publicação: 23/05/2013
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 51 páginas

Metodologia do Direito (Portuguese Edition)

amazon.com/Metodologia-do-Direito-Portuguese-Edit...
A obra de toda uma vida de Francesco Carnelutti deve sempre ser lembrada pela essência em termos de conteúdo, isso por conter o que de mais avançado existia em sua época, valendo frisar que muitos de seus posicionamentos não encontraram melhor doutrina até em nossos tempos. Valiosa foi a contribuição do mestre italiano em termos de profundidade, reforçando os indícios de que sua obra contém medidas bem além do que se encontra em outras obras do mesmo gênero.Quer o mestre nos mostrar os métodos empregados em seu estudo, com o qual foi estruturando a ciência do direito, acusando com precisão a sua função. A intenção é passar a sua experiência com o estudo do direito, permitindo que outros avancem mais que ele.As articulações bem direcionadas vão produzir precisos conceitos sobre os temas a serem desbravados, gerando a exteriorização da harmonia na exposição das ideias, a facilitação do entendimento e promoção do desenvolvimento do ensino numa escala jamais vista.A tradução da presente Metodologia del diritto preenche mais uma falha no sistema da teoria geral do direito no Brasil, uma vez que a preocupação do corpo docente das faculdades de direito está voltada às informações, deixando de lado a formação do acadêmico.
Publicado por: Russell | Data de publicação: 11/06/2013
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 68 páginas

Arte do Direito (Portuguese Edition)

amazon.com/Arte-do-Direito-Portuguese-Edition-ebo...
Este brilhante trabalho foi escrito por Francesco Carnelutti, originalmente em espanhol, por declarada opção, revelando sua preocupação em transpor os limites da tradução do italiano para outra língua.Apesar de conciso, as qualidades de seu conteúdo são infindáveis. Chama muita atenção a originalidade das idéias, fugindo a excessiva técnica para explicar o direito como um dos principais ramos do conhecimento, sem olvidar os mecanismos internos geradores de efeitos sociais inevitáveis.Logo após a introdução, na tentativa de mostrar a realidade do direito, traça um paralelo entre uma realidade bem distante e o direito, e com a comparação tenta transmitir o verdadeiro sentido dessa área tão interessante do conhecimento humano.Em seguida procura transmitir o que se deve sentir por lei, sem deixar de fora as teorias sobre a concepção do direito.O terceiro tema abordado, os fatos jurídicos, são apresentados numa combinação da teoria com a realidade.Na quarta parte, apresenta o juízo com muitos questionamentos, que devem ser respondidos, para que seja encontrado o verdadeiro sentido do vocábulo.Na última parte, com aparência conclusiva, os temas versados anteriormente são afrontados com o dever, emergindo uma idéia geral de individualismo, coletivismo e paz.Trata ainda da sanção, começando com uma colocação acerca do homicídio numa perspectiva criminal, para depois partir para a apreciação do tema em Direito Civil.Em conjunto, o conteúdo do livro indica uma vontade do autor em promover uma introdução do leigo no direito, e, não fazer o estudioso do direito ocupar o lugar do leigo.Visando facilitar esse primeiro contato com o direito, procurou-se traduzir os termos apresentados em outras línguas, mantendo-os no texto como quis o autor.
Publicado por: Russell | Data de publicação: 11/06/2013
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 68 páginas

As Misérias do Processo Penal (Portuguese Edition)

amazon.com/Mis%C3%A9rias-Processo-Penal-Portugues...
Na universidade, por uma série de circunstâncias, com as quais eu compreendi mais tarde o verdadeiro desígnio, desviaram-me do Direito Penal para o Direito Civil. Assim, durante longos anos, eu venho sendo mais um civilista do que um penalista também a minha atividade científica desenvolveu-se mais amplamente no terreno do Direito Civil. Mas, subsistiu em mim uma atração secreta dirigida ao Direito e ao Direito Processual Penal. Existia uma espécie de corrente subterrânea que, ao chegar a certo ponto, emergiu à superfície da terra. Estaria fora de lugar a recordação de detalhes das ocasiões que a vida me ofereceu o fato é que, um dia, da cátedra de processo civil fui passado àquela do Direito e depois à do processo penal. E aconteceu como acontece na montanha quando, depois de um longo caminho encravado entre as rochas, se alcança o cume e finalmente se abre defronte aos olhos a paisagem iluminada pelo sol.Assombram-se alguns por esta comparação? O Direito Penal não está no vale, melhor posicionado do que em elevações? Não é o direito da sombra melhor que o direito do sol? A verdade é que, segundo uma admirável intuição de São Paulo, nós olhamos as coisas no espelho e por isso as vemos invertidas. O Direito Penal, sim, é o direito da sombra mas é preciso atravessar a sombra para se chegar à luz. Ao menos para mim foi o que aconteceu. Cada um faz o seu caminho e o caminho, como a fisionomia de cada um, é diferente do caminho dos outros. Eu me dediquei a tratar com os chamados homens de bem, considerei-me um homem de bem e não dei um passo para cima. Foi o conhecimento dos trapaceiros que me fez reconhecer que não sou, de fato, melhor que eles ou que eles não são, de fato, piores do que eu e era isto que necessitava, para um homem como eu, mais inclinado ao orgulho, senão propriamente à soberba. Quero dizer que também estive por muito tempo nas arquibancadas do circo olhando do alto os gladiadores, como se não fossem meus irmãos. Se aqueles que estão lá no meio arriscando a vida fossem nossos irmãos, não é certo pensar que correríamos para eles, para separá-los e para salvá-los? Com precisão, não poderia dizer como ocorreu que, pouco a pouco, de estranho se converteram em irmão. Mas, em definitivo, isso aconteceu e é o que importa. Desde aquele dia abriu-se diante de mim um magnífico horizonte, iluminado pelo sol.
Publicado por: Russell | Data de publicação: 23/05/2013
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 73 páginas
[1]
© 2014 BuscaPDF.com.br - Todos os direitos reservados