PDF sobre coletividade: 1 a 10 de 6810 arquivos da pesquisa em BuscaPDF

Microsoft

Boa: Artes Visuais & Coletividade

issuu.com/guilhermedeabreubarreto/docs/boa...
A BOA é uma revista sobre artes visuais ecoletividade. Isso implica numa abordagemdiferenciada que não busca meramente relataras artes visuais, mas a maneira com que elaafeta o cotidiano de seus participantes: o coletivo formado entre artistas, adimiradores e aspirantes das artes. Este é um Projeto Interdisciplinar do 4º semestre do Curso de Design Gráfico com ênfase em Tipografia da Universidade Anhembi Morumbi.
Enviado por guilhermedeabreubarreto em 04/12/2012
Detalhes sobre o arquivo: 24 páginas.

minha especial esperteza

issuu.com/gava/docs/minha_especial_esperteza...
a esperteza que pensamos ser nossa ver exponencialmente da coletividade
Enviado por gava em 19/12/2009
Detalhes sobre o arquivo: 36 páginas.

Paper 06 :: Aliança: a soma de esforços individuais.

issuu.com/paperdigital/docs/paper6_outubro2008...
Na International Paper, trabalhamos para estabelecer alianças sólidas. Reconhecemos o papel determinante das parcerias para o sucesso de todos os nossos relacionamentos com colaboradores, clientes, comunidades, consumidores e o meio ambiente. Nesta edição, a Paper convida você para uma breve reflexão sobre a arte de construir alianças.
Enviado por paperdigital em 14/10/2008
Detalhes sobre o arquivo: 4 páginas.

Proposta da PMB elaborada pelo CONDEMA

issuu.com/tupy/docs/uc_proposta_prefeitura_condema...
UC-CONDEMA-COLETIVIDADE
Enviado por tupy em 18/08/2011
Detalhes sobre o arquivo: 17 páginas.
Tags: proposta · arquivo · pdf

Twitteiros colaboram com o trânsito da RMR enviando informações e imagens (13/07/12)

issuu.com/dg1notransito/docs/twitteiros_colaboram_com...
Envie sua imagem do dia através do Twitter. Basta mencionar @dg1_transito. Colabore! É uma maneira de você prestar serviços de natureza social de forma desinteressada à coletividade.
Enviado por dg1notransito em 12/07/2012
Detalhes sobre o arquivo: 23 páginas.

ACESSO À JUSTIÇA POR MEIO DA TUTELACOLETIVA

issuu.com/esmpgo/docs/10-finalartigo37_revista24ok_la...
Opúsculo que objetiva descrever o acesso à prestação jurisdicional dos direitos que atingem a coletividade, conhecidos comocoletivos lato sensu.
Enviado por esmpgo em 24/01/2013
Detalhes sobre o arquivo: 22 páginas.

9 Ed. Revista Direito & Atualidade

issuu.com/venturim.dias/docs/9-edicao-web...
Condomínio: a arte de viver em coletividade; Espírito Santo no combate a tortura; Corretor de Imóveis tem vínculo empregatício? Novas regras para a Caderneta de poupança; O Aborto x Antecipação Terapêutica do Parto nos Casos de Anencefalia do Feto; Danos Morais pela perda do tempo útil: uma nova modalidade Espanha Gastronômica. O Espírito Santo é premiado com a nona unidade AACD do Brasil Poder, Chefia e Liderança; As redes sociais e seu uso nas empresas; Tempo de revelar a verdade;Gerenciamento do lixo: um luxo ou um dever?
Enviado por venturim.dias em 28/05/2012
Detalhes sobre o arquivo: 70 páginas.

Preservação do Patrimônio Histórico: O Papel do Judiciário

issuu.com/ozyfarias/docs/artigo_23pg_comp...
O Patrimônio Histórico e Cultural da Cidade de Manaus é uma riqueza histórica insubstituível. Mas a degradação e o descaso tem contribuído para que parte dessa riqueza histórica se apague, fazendo com que as memórias que identificam a cultura sejam esquecidas e afastadas da sociedade.Na análise abordada pode-se averiguar que apesar da existência dos mecanismos que defendem os interesses difusos da coletividade parte da história da cidade já se perdeu com a constante degradação, mas importantes prédios e monumentos foram restaurados, punindo nos rigores da lei os infratores e buscando reparação do dano ante a importância histórica do Tesouro Arquitetônico ameaçado.
Enviado por ozyfarias em 28/11/2012
Detalhes sobre o arquivo: 23 páginas.

DISCURSO: DESIGUALDADE ENTRE OS HOMENS

issuu.com/phsc/docs/rousseau_-_discurso_sobre_a_desig...
Jean-Jacques Rousseau Sobre esta questão proposta pela academia de Dijon: Qual é a origem da desigualdade entre os homens, e se é autorizada pela lei natural. Jean-Jacques Rousseau nasceu em Genebra no ano de 1712 e morreu no de 1778. Dotado de excepcionais qualidades de inteligência e imaginação, foi ele um dos maiores escritores e filósofos do seu tempo. Em suas obras, defende a ideia da volta à natureza, a excelência natural do homem, a necessidade do contrato social para garantir os direitos da coletividade. Ao lado de Diderot, D'Alembert e tantos outros nomes insignes que elevaram, naquela época, o pensamento científico e literário da França, foi Rousseau um dos mais preciosos colaboradores do movimento enciclopedista.
Enviado por phsc em 05/04/2013
Detalhes sobre o arquivo: 64 páginas.

DO CONTRATO SOCIAL

issuu.com/phsc/docs/rousseau_-_contrato_social...
Jean-Jacques Rousseau Jean-Jacques Rousseau nasceu em Genebra no ano de 1712 e morreu no de 1778. Dotado de excepcionais qualidades de inteligência e imaginação, foi ele um dos maiores escritores e filósofos do seu tempo. Em suas obras, defende a ideia da volta à natureza, a excelência natural do homem, a necessidade do contrato social para garantir os direitos da coletividade. Ao lado de Diderot, D'Alembert e tantos outros nomes insignes que elevaram, naquela época, o pensamento científico e literário da França, foi Rousseau um dos mais preciosos colaboradores do movimento enciclopedista. O Contrato Social (1762) trata-se de obra filosófica onde a vida social é considerada sobre a base de um contrato em que cada contratante condiciona sua liberdade ao bem da comunidade, procurando proceder sempre de acordo com as aspirações da maioria.
Enviado por phsc em 05/04/2013
Detalhes sobre o arquivo: 72 páginas.
[1] 2345Mais
© 2017 BuscaPDF.com.br - Todos os direitos reservados