PDF sobre flores: 1 a 10 de 93 livros digitais em Português para o Kindle da pesquisa em BuscaPDF [am]

Flores (Portuguese Edition)

amazon.com/Flores-Portuguese-Edition-Auta-Sousa-e...
Este eBook foi convertido ao formato digital por uma comunidade de voluntários. Você pode encontra-lo gratuitamente online. A compra da edição Kindle inclui os custos da entrega sem fio.
Autoria: Auta de Sousa
Data de publicação: 01/12/2012
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition

FLORES [1] [PT] (Portuguese Edition)

amazon.com/FLORES-1-PT-Portuguese-Edition-ebook/d...
Flores bonitas em seu ambiente natural. © JMP
Data de publicação: 03/03/2014
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 41 páginas

FLORES [2] [PT] (Portuguese Edition)

amazon.com/FLORES-2-PT-Portuguese-Edition-ebook/d...
BELAS IMAGENS DE FLORES [parte segunda] © JMPP
Data de publicação: 05/03/2014
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 30 páginas

FÁBULAS FANTÁSTICAS (Portuguese Edition)

amazon.com/F%C3%81BULAS-FANT%C3%81STICAS-Portugue...
As fábulas são pequenas histórias que sempre trazem uma lição de moral. Contadas de maneira simples e tendo animais como personagens, as fábulas são ideais para ensinar e ao mesmo tempo entreter as crianças. Neste livro você irá encontrar as fábulas mais famosas do mundo, como "A cigarra e a formiga", "A lebre e a tartaruga" e "O pastorzinho e o lobo". São 24 fábulas no total para uma leitura divertida, mas também educativa. LEIA PARA SEUS FILHOS!
Publicado por: 101 Seleções | Data de publicação: 30/09/2014
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 34 páginas

Vida e Thangka: Em busca do conhecimento através das artes sacras do Tibete (Portuguese Edition)

amazon.com/Vida-Thangka-conhecimento-atrav%C3%A9s...
“Essa é uma arte sagrada, um caminho que pode te levar à iluminação” - Quando um monge dentro de um templo na Mongólia sussurrou essas palavras, ela sabia que esse era seu caminho. Tiffani Hollack Gyatso nasceu no Brasil em 1981. Cresceu em uma comunidade em Minas Gerais e parte de sua adolescência morou num veleiro. Depois de conviver um tempo com os aborígenas no deserto da Austrália; em 2000 fez uma viagem de carro com sua família, da Alemanha até a Mongólia, cruzando a Rússia e a Sibéria. Foi nas distantes estepes da Mongólia que ela viu a arte sacra tibetana, thangka pela primeira vez. Seguindo a sugestão do monge, ela foi estudar por três anos no norte da Índia, Dharamsala, o lugar de exílio de S.S. o Dalai Lama, no instituto Norbulingka, sendo a primeira ocidental aceita na escola. Em 2007 ao convite de Lama Padma Samten, ela iniciou as pinturas do templo do Caminho do Meio em Viamao, RS, Brasil. Aqui ela conta com muito humor e sensibilidade sua vida como uma aprendiz da arte de thangka e como a arte em sí lida um caminho de busca interior. “O livro de Tiffani,Vida e Thangka, me surpreendeu imensamente. Quando o recebi, sabendo da juventude da autora, imaginei o livro de uma escritora principiante. Para meu encanto, ele une simplicidade, graça, sabedoria, e informações extremamente interessantes. Há nele uma espontaneidade e frescor de quem não pretende "fazer literatura", e por outro lado descrições fascinantes sobre a real existência na Índia, o que é estudar e praticar a pintura sagrada do Tibet, alegrias e dificuldades de adaptação à vida no oriente. Além de informações, Tiffani nos transmite um pouco do espírito que preside essas crenças e essa arte, essa maneira tão diferente da nossa de viver e que pode nos ensinar muita coisa. Eu mesma lhe sugeri que sem muita demora tentasse publica -lo no Brasil: certamente terá o merecido sucesso.” - Lya Luft, escritora, março de 2009
Data de publicação: 29/12/2014
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 148 páginas

Flores do Campo (Portuguese Edition)

amazon.com/Flores-do-Campo-Portuguese-Edition-ebo...
Este livro foi convertido de sua edição física para um formato digital por uma comunidade de voluntários. Você pode encontrá-lo gratuitamente na web. A compra da edição Kindle inclui a entrega imediata electrónica.
Autoria: João de Deus
Data de publicação: 25/03/2011
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 142 páginas

Flores Sem Fruto (Portuguese Edition)

amazon.com/Flores-Sem-Fruto-Portuguese-Edition-eb...
"Enquanto fui poeta afrontei-me que mo chamassem; hoje tenho pena e saudade de o não poder já ser. Era uma viciosa vergonha a que eu tinha, porque não há melhores nem mais nobres almas que as dos poetas: agora o conheço bem, desde que o não sou, e que sinto as picadas das más paixões e dos acres sentimentos da baixeza humana avisarem-me que está comigo a idade da prosa; – como ao que teve folgazão e solta mocidade o avisam os primeiros latejos da gota de que lhe está a velhice a entrar em casa."Texto segundo o Novo Acordo Ortográfico.
Publicado por: Edições Vercial | Data de publicação: 25/03/2010
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 194 páginas

A Tragédia da Rua das Flores (Portuguese Edition)

amazon.com/Trag%C3%A9dia-Rua-Flores-Portuguese-Ed...
A Tragédia da Rua das Flores é um romance póstumo de Eça de Queirós escrito entre 1877 e 1878 e publicado em 1980. O texto foi adaptado para um seriado da televisão de Portugal, com título homónimo, a sua direção ficou a cargo de Ferrão Katzenstein.
Publicado por: Amargo | Data de publicação: 24/12/2014
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 346 páginas

PARA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE FLORES: Realismo Mágico da Literatura Brasileira (Contos Brasileiros Livro 16) (Portuguese Edition)

amazon.com/PARA-N%C3%83O-DIZER-FALEI-FLORES-ebook...
Realismo Mágico da Literatura Brasileira Conto de Welington Almeida Pinto, produzido numa linguagem, especialmente, para o seu aparelho de mídia virtual. Dá vontade de ler? Então leia. Todo bom texto provoca alterações no corpo e na cabeça de quem lê, principalmente, quando agrega dentro das palavras sabores inusitados. A narrativa se desenvolve numa conversa animada numa noite de dezembro de 1968, entre um jovem Jornalista e a esposa de um dos seus melhores amigos, Professora de Literatura do ensino médio, sobre a Música Popular Brasileira em tempo de Festivais que revelaram canções de protesto marcantes. A mola mestra do enredo, baseada no olhar original e erudito do autor sobre temas que marcaram o período, gira em torno da crise vivida por um casal descrente com a relação matrimonial. História curta, enxuta, que mescla realidade e ficção com a qual, quem lê, possa se identificar e transformá-la em um fabuloso palco de reflexões. Mexe com a emoção do leitor, principalmente, quando atento às palavras que revelam as intenções veladas dos personagens. Trecho. O ensaio começa assim: Numa expressão de quem entende de música, Mathieu: - Gostou do resultado do Maracanãzinho? - Eu, hein!?... Como no ano passado, a canção que merecia ser campeã no III Festival Internacional da Canção ficou em segundo lugar. Caminhando, de Vandré, é mil vezes melhor, mas ficou em segundo lugar – observa Suzana, desapontada. - Concordo. Faturou o grande prêmio Sabiá, de Tom e Chico, mesmo com as vaias da plateia que aclamou em peso a música de Geraldo Vandré. Suzana, depois de um gole de cerveja: - Com certeza, a canção do paraibano é muito, muito melhor. Outro olhar, cara! - Indiscutivelmente. A mais emblemática entre as canções concorrentes. - Sem dúvida. - O recado está claro, e com boa musculatura, no contexto da melodia. Só não vê quem não quer. - Ah, sim. - Ao cunhar na letra fortes imagens de aversão aos militares no poder, falando grosso, o músico conquistou a moçada. E sua canção já virou hino contra a Ditadura. - Claro, claro. - Tanto é que, enquanto interpretava Caminhando, a galera logo entendeu seu recado e, de pé, como num campo de futebol na hora de um gol, aplaudiu a canção sem parar. - Sim, sim, sim. Foi lindo, emocionante! Mathieu, eufórico: - Vandré mostrou garra, coragem e forte pegada libertária nesse momento político brasileiro. Com a letra estruturada em bases realistas, de forma clara e decisiva, ele teceu uma sofisticada arquitetura poética para sustentar um protesto em sua canção. No refrão já disse tudo: Vem, vamos embora/Que esperar não é saber/Quem sabe faz a hora/Não espera acontecer... - De arrepiar, Math! - O que me impressiona é que ele expõe, com todas as notas, o que quer dizer aos outros e, através de outros, o que pretende falar para si mesmo. Foi muito feliz! Canção com essa força, Suzana, tem tudo para chegar ao topo das ‘paradas’ de sucesso no Brasil inteiro. - Tomara – aplaude a mulher batendo palmas. Mathieu estica o braço com punho fechado, sorrindo: - Vai estourar, virar hits na boca do povo, mesmo se cair na malha da censura! - Caminhando e cantando/E seguindo a canção/Somos todos iguais/Braços dados ou não/Nas escolas, nas ruas/Campos, construções... – a Professora, com voz exaltada, entoa outro trecho da canção. - Suzana, sabe o que mais impressiona nesses festivais? - O quê? - Mesmo no auge do embate com a tesoura da censura política, nova geração de compositores está se formando no Brasil, apesar dos desafios encontrados pelos artistas no caldeirão da Ditadura Militar. Mais politizados, os jovens músicos estão aí para nos surpreender a cada momento. Querida, já atinou para isso? Pausa. Suzana: [...]
Data de publicação: 24/10/2014
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 9 páginas

Flores do Campo (Portuguese Edition)

amazon.com/Flores-do-Campo-Portuguese-Edition-ebo...
Flores do Campo João de Deus de Nogueira Ramos, eminente poeta lírico, considerado à época o primeiro do seu tempo (1830-1896) Este livro apresenta «Flores do Campo», de João de Deus de Nogueira Ramos. Índice interativo: - Apresentação - Flores Do Campo
Publicado por: Biblioteca Digital | Data de publicação: 01/03/2015
Detalhes sobre o livro digital: Kindle Edition, 221 páginas
[1] 2345Mais
© 2015 BuscaPDF.com.br - Todos os direitos reservados