PDF sobre gotael: 21 a 30 de 141 arquivos da pesquisa em BuscaPDF

Microsoft

PARA A HISTÓRIA DA MÚSICA EM CABO DELGADO E EM MOÇAMBIQUE

issuu.com/gotael/docs/para_a_hist_ria_da_m_sica_em_mo...
BANDAS FILARMÓNICAS EXISTENTES, NA VILA DO IBO, NO 1º. QUARTEL DO SÉCULO XX - Por Carlos Lopes Bento
Enviado por gotael em 12/12/2012
Detalhes sobre o arquivo: 11 páginas.
Tags: historia · ibo · mozambique · musica

A viticultura da Região do Douro-Dos primórdios às grandes mudanças no virar do século

issuu.com/gotael/docs/douro-nuno_magalhaes_2_pt...
Por Nuno Magalhães - Natural do Porto, licenciou-se em Engenharia Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia (Universidade Técnica de Lisboa). É Professor Emérito da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro onde se doutorou em Engenharia Agrícola e leccionou a maior parte da sua vida nas áreas da viticultura e da enologia...
Enviado por gotael em 27/02/2012
Detalhes sobre o arquivo: 37 páginas.
Tags: magalhaes · nuno · douro

Há fogo

issuu.com/gotael/docs/hafogo...
Por Jorge Almeida - Há fogo, há fogo, gritava a garotada da minha rua. A sirene era inconfundível, a frequência de sons agudos e graves não enganava. Em correria deixávamos o jogo da bola ou da carica para acorrer ao quartel. Já lá estavam os mais afoitos e os mais próximos. É no Corgo, é no Corgo, dizia uma voz esganiçada. E os bombeiros não faltavam à chamada. Conforme estavam, em casa, no trabalho ou no lazer, assim vinham aqueles nossos heróis. De automóvel, de bicicleta, de motorizada, a pé. O Manuel, o Silva, o Figueiredo, o João e tantos, tantos outros. E o Chefe Claudino, e mais tarde o Comandante Cardoso… que organização, que autoridade.
Enviado por gotael em 10/04/2012
Detalhes sobre o arquivo: 1 páginas.
Tags: jorge · douro · fogo · bombeiros · portugal · regua · almeida

Os meus bombeiros

issuu.com/gotael/docs/osmeusbombeiros...
Lembro-me de ler uns versos de Camilo Guedes Castelo Branco em que evoca a missão heróica de um bombeiro. Não sei precisar a data em que os escreveu e chegaram a ser publicados. Apenas posso dizer que foram declamados numa brilhantíssima récita, no verão de 1950, de artistas amadores e da famosa Orquestra Reguense, em benefício da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Régua...
Enviado por gotael em 19/12/2011
Detalhes sobre o arquivo: 1 páginas.
Tags: almeida · portugal · bombeiros · regua · jose · alfredo · douro

41º Congresso dos Bombeiros Portugueses

issuu.com/gotael/docs/41__congresso_dos_bombeiros_por...
A Régua foi a Capital dos Bombeiros de Portugal - de 28 a 30 de Outubro de 2011
Enviado por gotael em 03/11/2011
Detalhes sobre o arquivo: 1 páginas.

O incêndio na Casa Viúva Lopes “Foi um dos maiores incêndios…”

issuu.com/gotael/docs/memoriasprofissionalcomercio...
Fevereiro de 1955, in MEMÓRIAS DE UM PROFISSIONAL DO COMÉRCIO, de Silvano Vitorino Machado, editado pela Imprensa do Douro, Régua-1955.
Enviado por gotael em 23/10/2012
Detalhes sobre o arquivo: 1 páginas.

UMA VOLTA CÁ POR DENTRO

issuu.com/gotael/docs/uma_volta_c__por_dentro...
Camilo de Araújo Correia - Relacionam-se com os nossos bombeiros as memórias dos seus primeiros raciocínios. Estivesse onde estivesse, a brincar, a comer ou a dormir, logo acorria ao ruído marcial da sua passagem. Não ia longe o entusiasmo que me tinha arrancado ao que estava a fazer.
Enviado por gotael em 14/11/2012
Detalhes sobre o arquivo: 1 páginas.

Em Memória de Jaime Ferraz Gabão

issuu.com/gotael/docs/em_memoria_de_j_f_r_gabao...
Por M. Nogueira Borges – Publicado no boletim de Festas de Nossa Senhora do Socorro – Peso da Régua - 1994. "Conheci-o em Porto Amélia. O meu destacamento, sediado em Quelimane, viera substituir uns "cocuanes"* que estavam de regresso à Metrópole. Para trás deixava a luxúria dos palmares de Penabe, o esmagamento das infindáveis plantações de chá do Gurué, o silêncio e os ruídos da selva esplendorosa de Mocubela ou Maganja da Costa, a confraternização da boa gente da capital da Zambézia."
Enviado por gotael em 28/08/2011
Detalhes sobre o arquivo: 3 páginas.
Tags: regua · gabao · ferraz

Os Bombeiros – Zé Pinto socialmente

issuu.com/gotael/docs/os_bombeiros___z__pinto_socialm...
Tal como dissera no artigo anterior, vou tecer algumas considerações sobre a vida de um reguense, que muito embora não fosse um homem de grande estatura, foi um Grande Homem, já que dedicou 4 décadas da sua vida (envolvendo a família, muitas vezes) à causa social e à “sua” Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Peso da Régua, que hoje é centenária e a vaidade/orgulho dos reguenses. No entanto, esta Associação nada teria sido sem os homens que dedicaram as suas vidas a essa nobre causa do Voluntariado.
Enviado por gotael em 23/08/2011
Detalhes sobre o arquivo: 1 páginas.

UM ALUNO MEU e AINDA NO MONTE DO MAIO

issuu.com/gotael/docs/arrais17...
Textos de Eurico A. Patrício e Manuel Braz de Magalhães publicados no Jornal semanario regional "O ARRAIS", edição de 17 de Abril de 2013
Enviado por gotael em 19/04/2013
Detalhes sobre o arquivo: 1 páginas.
Anterior12 [3] 4567Mais
© 2017 BuscaPDF.com.br - Todos os direitos reservados