PDF sobre scielo - editora unesp: 1 a 10 de 100 livros digitais em Português para o Kindle da pesquisa em BuscaPDF [am]

Edite e converta arquivos PDF para Word, Excel, PowerPoint e HTML de forma rápida e eficiente

Políticas de segurança pública no estado de São Paulo: situações e perspectivas a partir das pesquisas do Observatório de Segurança Pública da UNESP

https://www.amazon.com.br/Pol%C3%ADticas-seguran%C3%A7a-p%C3...
Esta obra apresenta os resultados de uma investigação sobre as políticas de segurança pública, no Estado de São Paulo, no período de 1989 a 2008, realizada por pesquisadores vinculados, direta ou indiretamente, ao Observatório de Segurança Pública da Unesp, campus de Marília (OSP). Durante tal período, que se iniciou com a promulgação de uma nova Constituição, marcada por um amplo repertório de direitos, a segurança ganhou foro de preocupação nacional, estando presente nos principais órgãos da imprensa e nos debates legislativos. Daí a importância deste livro, que analisa sob diferentes perspectivas um vasto leque de problemas afetos à segurança pública, como por exemplo, a eficiência e os limites da ação policial, o acesso à justiça, a reforma da legislação penal, a reforma das prisões, o controle do crime organizado, da corrupção e da própria ação policial, o policiamento comunitário, entre outras iniciativas que merecem ser recenseadas e melhor avaliadas. São temas da maior atualidade e urgência.
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2009
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 553 páginas

Os nervos e os ossos do ofício: uma análise etnológica da aula de Anatomia

https://www.amazon.com.br/Os-nervos-ossos-of%C3%ADcio-etnol%...
O estudo de Carolina Biscalquini Talamoni analisa e interpreta os processos de ensino e aprendizagem engendrados no âmbito das aulas da disciplina Anatomia Geral e Humana, ministrada a estudantes de cursos de licenciatura em Ciências Biológicas. A autora contempla as problemáticas relacionadas à questão metodológica e à familiarização dos estudantes com o ambiente do laboratório, de modo a cumprir objetivos que ela considera fundamentais. O primeiro é contextualizar a aula do ponto de vista histórico, cultural, psicológico. O segundo é produzir uma análise minuciosa da descrição densa enquanto metodologia de pesquisa pertinente para investigações nos campos das Ciências Sociais e da Educação. Por fim Talamoni almeja demonstrar a descrição densa enquanto resultado e também produto da pesquisa.O primeiro dos cinco capítulos do livro, “Anatomia, ensino e entretenimento” traz um histórico da Anatomia no mundo, a fim de proporcionar um panorama geral da constituição da disciplina anatômica no âmbito da cultura ocidental. No segundo capítulo a autora aborda a história da disciplina no Brasil.O capítulo três, teórico e de revisão bibliográfica, procura orientar o leitor sobre os fundamentos do Programa da Descrição Densa de Clifford Geertz, além e discutir críticas ao programa e as possibilidades de observação proporcionadas pela metodologia, ainda pouco explorada no campo da Educação no Brasil. Em consonância com as propostas da descrição densa, o quarto capítulo trata dos personagens que compuseram o cenário mais abrangente da descrição propriamente dita, enquanto o último apresenta uma descrição densa da disciplina Anatomia Geral e Humana.
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2014
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 386 páginas

Vozes femininas da poesia latino-americana: Cecília e as poetisas uruguaias

https://www.amazon.com.br/Vozes-femininas-poesia-latino-amer...
É a partir de uma perspectiva de "dupla revisão" que Vozes femininas da poesia latino-americana: Cecília e as poetisas uruguaias ressalta um outro perfil da escritora brasileira Cecília Meireles: a de grande estudiosa e conhecedora da produção de autoria feminina latino-americana. O livro tem como ponto de partida o ensaio ceciliano intitulado "Expressão feminina da poesia na América", que corresponde a uma conferência proferida no ano de 1956, na Universidade do Brasil, e que apresenta um panorama da expressão lírica feminina na América hispânica. As poetisas mencionadas por Cecília Meireles em seu texto, embora desempenhem um importante papel no cenário da produção poética de seus respectivos países, nem sempre integram a historiografia tradicional canônica; injustiça que o ensaio ceciliano corrige. Para mostrar a importância desse texto ceciliano em relação aos estudos feministas na América Latina são realizados alguns comentários sobre a crítica literária feminista, bem como acerca da vasta produção da autora de Romanceiro da Inconfidência. Além disso, estabelece-se um diálogo entre a escritora brasileira e as poetisas hispano-americanas. O livro demonstra o comprometimento de Cecília Meireles com a escrita feminina no contexto sóciocultural latino-americano.
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2009
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 231 páginas

Identidades brasileiras: composições e recomposições

https://www.amazon.com.br/Identidades-brasileiras-Cristina-C...
"O livro integra a coleção “Desafios Contemporâneos”, cujo objetivo é apresentar e discutir temas de interesse da sociedade em linguagem acessível ao grande público, sem prejuízo do rigor científico. No caso desta obra, os vários autores lançam um olhar panorâmico sobre a questão da identidade nacional, de modo a contribuir para o debate sobre o que é o Brasil e quem são os brasileiros.O trabalho foi dividido em cinco núcleos temáticos: a questão racial, o corpo, a língua, a religião e a cultura. Os ensaios procuram sempre adotar uma perspectiva ampla, do ponto de vista temporal e temático, tendo como horizonte a compreensão dos desafios sociais, políticos, econômicos e culturais do Brasil contemporâneos.É feito ainda um amplo balanço das diferentes formas de entender a identidade nacional, a partir da confrontação dos principais pensadores que se dedicaram ao assunto ao longo da história, e uma análise do estado atual das pesquisas sobre a identidade brasileira e os seus possíveis desdobramentos na área de ciências humanas do país."
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2014
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 622 páginas

Regionalismo na América do Sul: um novo esquema de análise e a experiência do Mercosul

https://www.amazon.com.br/Regionalismo-Am%C3%A9rica-Sul-expe...
As tradicionais teorias de integração regional são adequadas para compreender as experiências de regionalismo não-europeias? Essa pergunta orientou a análise deste livro, que discute a partir delas, um esquema analítico para a avaliação das experiências integracionistas envolvendo países sul-americanos, buscando melhor entender esses fenômenos na região. A verificação da validade desse esquema e de seus indicadores é feita a partir de duas análises distintas, ainda que complementares: a compreensão geral do Mercosul, enfatizando o seu desenvolvimento institucional e os desdobramentos de sua existência; e a experiência de criação de uma instância parlamentar regional, o Parlasul.
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2015
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 703 páginas

Ciranda de sons: práticas criativas em educação musical

https://www.amazon.com.br/Ciranda-sons-pr%C3%A1ticas-criativ...
"Desde a década de 1960, as práticas criativas em Educação Musical têm sido alvo de interesse e estudo de muitos educadores musicais/ compositores em todo o mundo. Esteve também bastante presente no Brasil, com as propostas de Hans-Joachim Koellreutter e Conrado Silva, entre muitos outros. Assinale-se, também, a presença no país do canadense Murray Schafer a partir de 1990, que exerceu grande influência nos estudos dessa temática, desde que começou a visitar o Instituto de Artes da Unesp e a ter seus livros publicados no Brasil.Recentemente, em 2011 e 2012, prosseguindo em sua tradição de pesquisar esse tema, o GEPEM – Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação Musical –, sediado no IA/Unesp, recebeu a visita da pesquisadora e docente Chefa Alonso, musicista espanhola especializada em técnicas de Improvisação Livre, em que se destaca o trabalho sistemático de criação e improvisação com instrumentos, voz e corpo.A preocupação com as práticas criativas em Educação Musical é o germe de toda pesquisa desenvolvida pelo GEPEM no decorrer dos anos e a vinda de Chefa Alonso contribuiu fortemente com as investigações do grupo. Sua experiência enriqueceu o trabalho e reforçou a percepção da importância de se aprofundar no estudo dessa temática e em sua aplicação em diferentes contextos, nas escolas, projetos sociais e em cursos profissionalizantes e superiores de Música.No presente trabalho, Marisa Trench de Oliveira Fonterrada oferece ao leitor o resultado de sua pesquisa na área de Educação Musical, partindo da análise da experiência de Chefa Alonso e enveredando por uma profunda reflexão a respeito do tema, graças à colaboração de educadores musicais de todo o país, consultados por internet, e de pesquisadores brasileiros e espanhóis entrevistados. Em Ciranda de sons, apresenta-se um levantamento inédito de como o assunto tem sido tratado no Brasil, tanto no que se refere à produção acadêmica quanto no que diz respeito à atuação de professores de música brasileiros de diferentes formações e que atuam em múltiplos espaços, assim contribuindo para o desenvolvimento da área da Educação Musical."
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2015
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 601 páginas

Jovens, violência e escola: um desafio contemporâneo

https://www.amazon.com.br/Jovens-viol%C3%AAncia-escola-desaf...
Esta coletânea reúne textos resultantes de reflexões e pesquisas de professores de Universidades de diferentes países da America Latina tais como Brasil, Argentina e Uruguai e de países da Europa como França, Inglaterra e Espanha. Os textos procuram fazer uma reflexão a respeito da relação jovem violência e sociedade. Deste modo os textos tratam da violência como constituinte do ser humano relacionando-a à globalização e a outros processos sociais. São textos de pesquisadores brasileiros, de outros paises da América Latina e da Europa que se debruçam sobre a questão de jovens e violência, abordando aspectos como: internação de jovens em casas correcionais como uma das respostas da sociedade para o enfrentamento da violência juvenil; as diferentes formas e dimensões da violência como a violência de gênero, relações interpessoais nas instituições; a relação com o outro e a demarcação das diferenças e o imaginário presente no âmbito escolar e social.
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2010
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 465 páginas

Circos e palhaços brasileiros

https://www.amazon.com.br/Circos-palha%C3%A7os-brasileiros-F...
Circos e Palhaços Brasileiros apresenta, em forma de catálogo, documentação iconográfica e escrita de alguns circos brasileiros e seus palhaços. De outubro de 1997 a julho de 2000 foram visitados diversos circos, em várias regiões do país, com o objetivo de documentar o universo dos palhaços, dentro e fora do picadeiro. Além do resgate do seu repertório cênico (entradas, esquetes, comédias e dramas), foram incluídos neste registro os recursos materiais dos circos (pequenos e grandes), os palhaços no circo-teatro, os palhaços de palco, os tapa-buracos dos circos grandes, o papel do palhaço nos espetáculos dos pequenos circos, a quantidade e qualidade do repertório encenado, as opiniões dos artistas acerca da profissão etc.
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2009
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 261 páginas

As empresas familiares da cidade de Franca: um estudo sob a visão do serviço social

https://www.amazon.com.br/As-empresas-familiares-cidade-Fran...
O livro analisa o processo de modernização da gestão das empresas familiares da cidade de Franca/SP, tendo em vista as mudanças estruturais advindas e impostas pelo processo de reestruturação produtiva a partir dos anos de 1990. As empresas familiares do município foram criadas em períodos propícios ao seu crescimento e desenvolvimento industrial. Na década de 1990, elas foram afetadas pela abertura internacional dos mercados e pelas políticas econômicas voltadas à estabilização da economia brasileira. Nesse contexto, tais empresas foram obrigadas a atender a realidade dos mercados, na expectativa de maior qualidade e menor preço. É essa dinâmica que a autora investiga, com base na pesquisa bibliográfica, documental e de campo.
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2009
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 597 páginas

Língua e sociedade nas páginas da imprensa negra paulista: um olhar sobre as formas de tratamento

https://www.amazon.com.br/L%C3%ADngua-sociedade-p%C3%A1ginas...
O estudo das inter-relações entre língua e sociedade, a partir de um corpus jornalístico, é o foco primordial desse livro. Trata-se da investigação do sistema de formas de tratamento nos jornais da Imprensa Negra paulista - movimento realizado por negros e destinado a essa população no período posterior à abolição da escravatura no Brasil - e em O Combate - jornal de circulação mais ampla na cidade de São Paulo no início do século XX. As formas de tratamento representam um exemplo privilegiado da relação entre a escolha linguística e seu motivador social. Elas foram analisadas a partir da relação de alguns pontos de vista teóricos, a saber: o estudo do jornal como um hipergênero, proposta de Bonini (2003, 2004, 2006), com o intuito de se avaliar as características peculiares de cada um dos gêneros do jornal; a proposta de análise da situação do interlocutor no momento da enunciação de Soto (2001); a investigação das marcas de interatividade, proposta por Andrade (2008); e a semântica do poder e da solidariedade de Brown e Gilman (1972 [1960]). O estudo desse fenômeno linguístico revelou à necessidade dos negros do período de conquistarem um espaço na sociedade paulistana da época e, dessa forma, a Imprensa Negra representava um espaço de circulação de sua voz na sociedade.
Publicado por: SciELO - Editora UNESP | Data de publicação: 01/01/2010
Detalhes sobre o livro digital: eBook Kindle, 243 páginas
[1] 2345Mais
© 2017 BuscaPDF.com.br - Todos os direitos reservados