PDF sobre terras indigenas: 1 a 10 de 144 arquivos da pesquisa em BuscaPDF

Mineração em Terras Indígenas na Amazônia brasileira 2013

issuu.com/instituto-socioambiental/docs/mineracao-ti-...
Na ausência de uma regulamentação da exploração mineral em Terras Indígenas, pendente desde a promulgação da Constituição Federal de 1988, o ISA vem monitorando a incidência dos interesses sobre as Terras Indígenas, através de diversas publicações ao longo dos últimos anos. Esta nova publicação tem como objetivo principalmente identificar e trazer informações sobre os processos incidentes em TIs – que hoje somam104 processos titulados e 4.116 interesses minerários, incidentes em 152 TIs – nas diversas fases em que eles se encontram.
Enviado por instituto-socioambiental em 07/04/2013
Detalhes sobre o arquivo: 112 páginas.

[Mapa] Mineração em Terras Indígenas na Amazônia Brasileira 2013 - ISA

issuu.com/instituto-socioambiental/docs/mineracaoti_2...
Na ausência de uma regulamentação da exploração mineral em Terras Indígenas, pendente desde a promulgação da Constituição Federal de 1988, o ISA vem monitorando a incidência dos interesses sobre as Terras Indígenas, através de diversas publicações ao longo dos últimos anos. Este mapa traz informações sobre os processos incidentes em TIs – que hoje somam104 processos titulados e 4.116 interesses minerários, incidentes em 152 TIs – nas diversas fases em que eles se encontram.
Enviado por instituto-socioambiental em 02/04/2013
Detalhes sobre o arquivo: 2 páginas.

Mapa-Livro Povos Indígenas do Rio Negro

issuu.com/instituto-socioambiental/docs/mapa-livro_rn...
A publicação é uma introdução à diversidade socioambiental da região do alto e médio rio Negro, no noroeste da Amazônia brasileira. É composta pelo mapa Terras e Comunidades Indígenas no Alto e Médio Rio Negro e por livro de textos com fotos, iconografia e mapas temáticos. Trata-se de uma publicação de referência que se destina, prioritariamente, a um público local de multiplicadores indígenas (lideranças, professores e agentes de saúde) e profissionais de instituições de serviços, públicas ou privadas, que atuam na região. Os mapas temáticos apresentam as famílias lingüísticas da região, etnias, classe de solo, povoados e paisagens florestais. Os textos tratam da diversidade cultural e lingüística do Rio Negro; conta uma história da ocupação daquela região e detalha a ecologia e o manejo ambiental no Alto e Médio Rio Negro. Conta ainda da história de chegada dos primeiros europeus e do contato como os povos nativos até a demarcação das terras indígenas em meados dos
Enviado por instituto-socioambiental em 07/05/2006
Detalhes sobre o arquivo: 130 páginas.

Aracruz credo: 40 anos de violação e resistência no ES

issuu.com/rbrasil/docs/aracruz_credo_40_anos_violacao...
Publicação elaborada por meio de parceria entre a Rede Alerta contra o Deserto Verde e a Rede Brasil sobre Instituições Financeiras Multilaterais. Organizada por Helder Gomes e Winnie Overbeek.
Enviado por rbrasil em 31/12/2010
Detalhes sobre o arquivo: 202 páginas.

Rio Madeira: solicitando reunião com a Procuradoria Geral da República

issuu.com/rbrasil/docs/oficio_rio_madeira_procuradori...
Considerando as graves lacunas dos estudos ambientais, e o não atendimento dos quesitos inerentes à segurança, bem estar e identificação de populações afetadas e ao meio ambiente, a Rede Brasil solicitou uma reunião conjunta com a 4ª Câmara e a 6ª Câmara da Procuradoria Geral da República para que sejam identificadas medidas específicas para interromper imediatamente o grave quadro de violações de direitos humanos e de desrespeito à legislação ambiental. Exige-se também que seja debatido o que pode significar o início da construção da usina de Santo Antônio em meio a essa panóplia de abusos, atropelos e irregularidades no processo de licenciamento ambiental no País, em especial quanto à sequência de projetos de grandes empreendimentos hidrelétricos previstos para a Bacia Amazônica no Plano Decenal de expansão de energia elétrica.
Enviado por rbrasil em 09/10/2008
Detalhes sobre o arquivo: 4 páginas.

Peru: massacre aos povos da Amazônia

issuu.com/rbrasil/docs/platbndes_moc_a_o_peru...
No intuito de adequar o marco legal do país ao acordo de livre comércio com os Estados Unidos, o governo do Peru já liberou quase 70% da região Amazônica para a livre exploração de recursos naturais, especialmente de petróleo e gás natural. A experiência vivida dos povos indígenas do Peru demonstra que a exploração do petróleo e gás degrada territórios tradicionais, inviabilizando seu modo de viver intrinsecamente vinculado ao bioma Amazônico, às suas florestas, à suas águas, à sua biodiversidade. Neste cenário, organizações populares em protesto contra essas medidas passaram a bloquear os dutos da empresa nacional de petróleo, assim como o acesso viário.
Enviado por rbrasil em 31/05/2009
Detalhes sobre o arquivo: 3 páginas.

Tipnis: BNDES é (co)responsável pelos conflitos na Bolívia

issuu.com/rbrasil/docs/bndes_violencia_tipnis...
Exatamente um mês depois da entrega da carta no BNDES, no último domingo (25/09), teve início uma brutal operação policial contra cerca de 800 manifestantes, em sua grande maioria indígenas, incluindo crianças e mulheres, integrantes de uma marcha pacífica em defesa do TIPNIS. Eles foram atingidos por bombas de gás lacrimogênio e golpes de cassetetes. Houve uma dispersão forçada, ateou-se fogo ao acampamento e mães e filhos foram separados, indiscriminadamente, em oito ônibus em direção a Yucumo. De acordo com o relato do Fórum Boliviano sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Fobomade), existe uma lista preliminar de dezenas de pessoas desaparecidas, entre elas, crianças. E, até agora, a sociedade civil brasileira e boliviana permanece sem uma resposta do BNDES.
Enviado por rbrasil em 28/09/2011
Detalhes sobre o arquivo: 5 páginas.

Almanaque Socioambiental Parque Indígena do Xingu 50 anos

issuu.com/instituto-socioambiental/docs/almanaque-pix...
O Almanaque Socioambiental Parque Indígena do Xingu 50 anos traz um conjunto de informações de diferentes fontes sobre processo de criação do Parque Indígena do Xingu (PIX). Tem 316 páginas e é ricamente ilustrado por mais de 200 fotos e mapas. Um encarte conta a história de cada um dos 16 povos indigenas que ali vivem. Além de retratar o passado, a publicação resume o presente e discute a sustentabilidade do PIX, abordando assuntos como saúde, educação diferenciada, desmatamento, a relação dos índios com as cidades e os desafios que as novas gerações terão pela frente para preservar suas culturas.
Enviado por instituto-socioambiental em 24/02/2013
Detalhes sobre o arquivo: 318 páginas.

As violências contra os povos indígenas no Mato Grosso do Sul

issuu.com/campanhaguarani/docs/viol_ms_2003_2010...
E as resistências do Bem Viver por uma Terra Sem Males. Relatório do Conselho Indigenista Missionário (Cimi)
Enviado por campanhaguarani em 18/11/2012
Detalhes sobre o arquivo: 116 páginas.

PSICOLOGIA E POVOS INDIGENAS

issuu.com/veralaporta/docs/psicologia_e_povos_indigen...
Resistindo a mais de 500 anos à dominação da sociedade ocidental os povos indígenas tem o sagrado como o ponto central de sua visão de mundo. Em 2004 a Psicologia brasileira foi chamada oficialmente através do Conselho Federal de Psicologia (CFP) a contribuir na solução dos graves problemas que essas populações enfrentam na sociedade nacional. O CRP-SP foi o único conselho que atendeu a esse chamado conclamando psicólogos a discutirem a questão. Um dos autores deste livro é o psicólogo Luiz Eduardo Berni, que ao longo de cinco anos realizou leituras transdisciplinares dessa aproximação, que lhe renderam oi capítulos do livro.
Enviado por veralaporta em 07/11/2010
Detalhes sobre o arquivo: 349 páginas.
[1] 2345Mais
© 2018 BuscaPDF.com.br - Todos os direitos reservados